Com que roupa eu vou?

Hello, cremosas! Cêis tão boa?

Confesso que hoje estou um pouco (pouco nada, bastante. O post é pra falar de moda e eu tô aqui, debulhando em lágrimas pensando nas minhas quiança hahahah) emotiva…vi uma foto das cria pequena (sim tenho dois filhos, mas isso é assunto pra outro dia) e tô chorando mais que  as gay esperando a Gaga no Super Bowl.

Pois bem, chega de chororô e vamos ao que interessa: Moda plus size.

O que é “Plus Size” Mari?

Vem cá que eu te conto:

Plus Size é o termo usado na indústria da moda, para manequins acima de 48 ou acima do GG.

Tá, Mari entendi. Mas e aí?

Aí, que esse mercado tem crescido consideravelmente no Brasil e eu digo que: TAVA NA HORA NÉ?!

Afinal de contas, mais da metade da população brasileira está acima do peso, e desse total, 17,9% são obesos.

Segundo o SEBRAE, 17,7% das lojas de varejo vendem roupas de tamanhos grandes mas apenas 3,5% são especializadas em moda plus size.

E tem mais! Segundo a pesquisa, 70% dos consumidores acham as peças plus size desinteressantes, muito básicas. E apenas 16% acham que despertam desejo de compra.

Ou seja: A moda ainda não colabora taaaanto assim com a gente.

Sair para comprar comprar roupas de tamanhos grandes que sirvam e tenham um design legal ainda é um desafio e na maioria das vezes, frustrante.

Atualmente, algumas marcas e também grandes lojas de departamento estão dando espaço para o público plus size.

Ainda não estamos no cenário ideal, eu sei eu sei…pois geralmente os preços são altos ou não se tem muita variedade. Mas acredito que o fato de já existirem marcas interessadas nessa fatia de mercado é uma grande vantagem pra nós que precisamos de roupas com modelagem e tamanhos diferenciados.

A demanda é grande e logo mais e mais marcas irão surgir e tornar o mercado plus size mais acessível (eu ouvi um amém?).

Ao contrário de alguns anos atrás, agora temos em quem nos inspirar!

Eu por exemplo, me inspiro muito na diva magnânima Beth Ditto (maravilhoooooooooosaaaaa!), e também na Tess Holliday que é espetacularmente linda e taaantas outras, que não me sinto mais sozinha no mundo sabem?

bethditto-jpg

Beth Ditto para Jean Paul Gaultier

 

tess_holliday_plus_size_model_1acinla-1acins2

Tess Holliday – Model

 

Quando percebi que o fato de estar acima do peso não me impedia de me vestir bem e me sentir linda, muita coisa mudou.

Quando a gente aprende a se amar, mesmo quando a maior parte das pessoas dizem que você deveria se esconder, é libertador!

A moda tá aí e sim, está muito mais democrática. Então bonita, se joga! Use o que você quiser.

Você pode, você deve. E quando te disserem o contrário, ignore.

E você? Em quem se inspira? Conta pra mim!

Feio, é viver presa. Liberte-se!

 

 

 

Fotos: Google Imagens

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s